Praça da Assembleia recebe Encontro de Bandas promovido pela Secretaria de Estado de Cultura


19/11/2015

Seis corporações musicais de diferentes municípios mineiros realizam cortejo no local

 

A Praça da Assembleia ganha ares interioranos no próximo domingo, 22 de novembro. Tal como é familiar nas cidades dos recônditos mineiros, bandas civis de música alegrarão e confraternizarão o público em apresentação conjunta durante o Encontro de Bandas, realizado pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC) por meio do Programa Bandas de Minas.

 

A partir das 10h, seis corporações musicais de municípios do Estado (Perdões, Malacacheta, Sabará, Mariana, Turmalina e Itabirito) se reúnem e interpretam, em cortejo, canções que permeiam o imaginário coletivo dos mineiros.

 

A singularidade do evento é destacada pelo superintendente de Interiorização e Ação Cultural, João Miguel. “O Encontro de Bandas contempla a proposta do governo Pimentel de valorizar os territórios. É um momento rico por proporcionar intercâmbios entre corporações do interior do Estado com o público da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Evidentemente, todos ganhamos com essa experiência”.  

 

A expectativa para o encontro é grande, seja por parte do público ou dos músicos participantes, como registra o maestro da Corporação Musical União Itabiritense, Edgard de Castro Andrade Filho. “Ficamos honrados com a escolha da nossa banda para participar do evento. Sabemos que os critérios de seleção foram rigorosos e que as pessoas estão ansiosas pelas apresentações, o que aumenta nossa responsabilidade. Mas, ao mesmo tempo, eleva a autoestima do nosso grupo e também de cada músico”. A banda de Itabirito completa 85 anos, em 2015, e o maestro entende a participação no encontro como um presente.

 

Para sua viabilização, será concedida a cada uma das seis bandas selecionadas uma ajuda de custo no valor de R$ 2.500,00, totalizando R$ 15.000,00 em recursos.

 

O evento é originado de edital do Programa Bandas de Minas 2015, realizado pela SEC em parceria com a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (CODEMIG).

 

Confira breve histórico sobre as corporações participantes

 

Corporação Musical Lira Perdoense – Perdões

A Corporação Musical Lira Perdoense é a única banda de música do município de Perdões. Em 1985, o conjunto foi convidado a se apresentar em São João Del Rei para executar o Hino Nacional na presença de Tancredo Neves, no momento de sua eleição como Presidente da República. Ainda em 2015, seu primeiro maestro, José Oliveira de Assis, aos 95 anos, passa a batuta ao jovem regente Edevaldo Silva, de 31 anos.

 

Filarmônica Leopoldino Gandra – Malacacheta

Com mais de 20 anos de existência, a banda já formou cerca de 100 alunos em teoria musical, mantendo sempre renovado o seu corpo de músicos, sem perder a qualidade. Com 35 integrantes, entre 10 e 65 anos de idade, o grupo é regido por Valdino Alves dos Santos e guarda na sua estante de premiações a conquista da primeira edição do concurso de banda da cidade de Peçanha.

 

Sociedade Musical União XV de Novembro – Mariana

Na tarde de 15 de Novembro de 1901, Antônio de Pádua Coelho, José Caetano Correa, Augusto Walter, José Antônio Soares, entre outros, se reuniram e fundaram a banda de música. O objetivo era propagar os ideais republicanos frente ao regime monárquico da época.

 

Sociedade Musical e Cultural Santa Lúcia Sabará

A jovem corporação, sediada em Sabará, completará em 2016 os seus 15 anos. A meta principal é a formação musical e cultural de crianças e jovens, contribuindo para a ampliação das opções de cultura da região. Atualmente é regida pelo maestro Marcelo Geraldo Umbelino.

 

Corporação Euterpe Homero Maciel – Turmalina

Criada em 1842, esteve presente em importantes momentos históricos do município de Turmalina. Uma das suas curiosas passagens traz como personagem principal Justino Gonçalves Mendes, que viveu até os seus 135 anos como clarinetista da corporação.

 

Corporação Musical União Itabiritense – Itabirito

Apelidada carinhosamente de Banda Nova, a corporação foi fundada em 1930. Entre os maestros que já passaram pela sua regência destaca-se José Onofre Neiva, conhecido popularmente como maestro Dungas, comandante da entidade por 50 anos, deixando um rico repertório de músicas e arranjos.

 

Saiba mais sobre o Programa Bandas de Minas 2015

Realizado pela SEC em parceria com a Codemig, o programa Bandas de Minas doará instrumentos musicais de qualidade às corporações musicais, além de promover o Encontro de Bandas na capital.

 

Como o desenvolvimento do Estado passa necessariamente pela formação cultural, também estão previstas para 2016 oficinas direcionadas aos músicos e maestros das corporações. Outra novidade do edital deste ano foi a utilização do critério de ‘Região Territorial’ para a seleção de contemplados, que visa a democratizar o acesso às bandas de todas as regiões do Estado. Trata-se de uma importante diretriz de regionalização do Governo Fernando Pimentel, que consiste em estimular a produção cultural mineira por meio das políticas públicas voltadas aos 17 territórios de desenvolvimento.

 

 

SERVIÇO

 

LOCAL: Praça da Assembleia- Praça Carlos Chagas, S/N - Santo Agostinho, Belo Horizonte - MG

DATA: 22/11

Horário: 10h

Entrada gratuita.

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Cultura

(31) 3915-2655 / (31) 9 9619-7901

asscom@cultura.mg.gov.br